MENU

12 de setembro de 2017 - 15:40European Le Mans Series

Reta final do ELMS com 35 carros em Spa-Francorchamps

ADE15400

Largada em Spa no ano passado: o ELMS volta no último fim de semana deste mês para uma corrida decisiva dos rumos do campeonato de 2017 (Foto: Ade Holnbrook/AdrenalMedia.com)

RIO DE JANEIRO - No último domingo deste mês, será disputada a quinta e penúltima etapa do European Le Mans Series. As 4 Horas de Spa-Francorchamps marcam o retorno do certame ao tradicional circuito da Floresta das Ardenas, bem como a reta final da temporada que será decidida em Portimão, no Autódromo Internacional do Algarve.

O espetacular traçado de 7,004 km de extensão e 20 curvas verá o mesmo total de carros que disputou a corrida anterior em Paul Ricard. Serão 35 bólidos inscritos em três categorias. Sem tirar, nem pôr, o exato contingente das divisões LMP2, LMP3 e LMGTE estará de novo em mais uma disputa do ELMS.

Lista de inscritos para as 4h de Spa-Francorchamps AQUI

Na categoria principal do certame continental, a briga pela liderança está restrita a duas tripulações: a G-Drive Racing conta com a volta de Ryo Hirakawa para ajudar Memo Rojas e Léo Roussel, que nas últimas duas etapas tiveram a companhia do veterano Nicolas Minassian, para manter a primeira posição na tabela. Eles somam 80 pontos, doze à frente do trio da United Autosports formado por Will Owen/Filipe Albuquerque/Hugo de Sadeleer.

E quem chega com moral à Bélgica é a dupla da SMP Racing formada pelos garotos russos Egor Orudzhev/Mateevos Isaakyan, que já conhecem a pista de suas participações na World Series Fórmula V8 e deram à Dallara a primeira vitória da marca italiana na LMP2, na corrida anterior. Na lista de entradas, além do retorno de Hirakawa, a outra novidade é a confirmação de Paul-Loup Chatin a bordo do carro #28 da IDEC Sport Racing, porque provavelmente Olivier Pla defenderá a PR1/Mathiasen na penúltima etapa do IMSA Weather Tech SportsCar Championship – que se realizará no mesmo fim de semana.

Entre os 17 inscritos da LMP3, poucas mudanças de vulto nas equipes de principal desempenho nas quatro primeiras etapas. A By Speed Factory, que só tem quatro pontinhos, optou por escalar apenas Jürgen Krebs e Tim Müller, abrindo mão da presença do estoniano Tristan Viidas. Na equipe de Yvan Muller, o australiano Neale Muston terá uma chance ao lado de Yann Ehrlacher, que assim terá seu terceiro parceiro diferente em 2017.

Na classificação do campeonato entre os pilotos, vantagem para Sean Rayhall/John Falb, que vão à Bélgica com 70 pontos, doze de vantagem em relação aos franceses Romano Ricci/Alexandre Cougnaud/Antoine Jung. Líderes até a etapa de Paul Ricard, os pilotos do #17 da Ultimate ainda têm chances: somam 53 pontos e estão em 3º lugar, seguidos pelo italiano Giorgio Mondini e pela dupla formada por Martin Hippe e Kuba Smiechowski.

Já a LMGTE chega a Spa-Francorchamps com o seguinte panorama: o trio Euan Hankey/Salih Yoluc/Nicki Thiim, da equipe britânica TF Sport, lidera com 77 pontos, nove a mais que Jody Fannin e Robert Smith, que defendem a JMW Motorsport. No entanto, o melhor momento é de Aaron Scott/Duncan Russell Cameron/Matt Griffin, pois o trio da Spirit of Race conseguiu vitórias em sequência no Red Bull Ring e Paul Ricard, alcançando o 3º lugar com 64 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>