MENU

28 de setembro de 2017 - 17:34IMSA Weather Tech SportsCar Championship

Breaking: Penske confirma presença na Petit Le Mans!

Oreca-07-LMP2-Paul-Ricard-2

Será num Oreca 07 Gibson LMP2 igualzinho ao da foto que Hélio Castroneves, Simon Pagenaud e Juan Pablo Montoya vão disputar a Petit Le Mans pela Penske

RIO DE JANEIRO - Um dia após a publicação da pré-lista de inscritos para a 20ª edição da Petit Le Mans, sai a notícia que todos aguardávamos. A Penske estará presente na última prova da temporada 2017 do IMSA Weather Tech SportsCar Championship, como avant-première pro que veremos na temporada 2018.

Como já se sabia, a equipe não vai de cara com o protótipo Acura ARX-05 DPi, cujo desenvolvimento começou há alguns meses e tanto a equipe quanto a nova parceira, a Honda, concordam que é preciso muitos testes dinâmicos antes da estreia pra valer nas 24 Horas de Daytona em janeiro próximo. Mas nada impediria a Penske de fazer uma corrida para ganhar horas de voo com o protótipo Oreca 07, base do seu DPi – mesmo que com o motor Gibson GK428 4,2 litros V8, comum a todos os protótipos do regulamento “global” da classe LMP2.

“Estávamos com essa corrida no nosso radar há algum tempo”, garante o presidente da Penske, Tim Cindric. “Mas preferimos esperar até testar nossos pilotos em Road Atlanta. É uma pista muito rápida e esses carros são muito diferentes de um Fórmula Indy”.

De fato, a diferença foi sentida na pele porque Castroneves, que há alguns anos não guiava protótipos, bateu no último dia 21 num treino – justamente em Road Atlanta -  e foi justamente por conta desse acidente que a Penske demorou para confirmar sua presença. “Tivemos que reconstruir totalmente nosso carro e a Oreca foi fundamental em nos enviar tudo o que precisávamos. Eles entendem a importância desta corrida para nós”, destacou Cindric.

A trinca do time é de muito respeito. E mesmo após o acidente, Helinho – que deve seguir para a IMSA em 2018 após dezoito anos na Fórmula Indy, com três vitórias nas 500 Milhas de Indianápolis – está confirmado a bordo junto a Simon Pagenaud e ao colombiano Juan Pablo Montoya, único piloto oficialmente confirmado para a próxima temporada que vem testando regularmente o protótipo DPi e que também andou no Oreca 07 LMP2 – a exemplo do campeão da Indy em 2016.

“Será divertido trabalhar com Juan novamente”, disse Castroneves. “O carro é sensacional de se dirigir, pois tem muita potência e uma incrível carga aerodinâmica. A última vez que corri em Road Atlanta (N. do blog: com o Porsche RS Spyder LMP2, em 2008, terminou a prova em 4º lugar na geral), tive a sorte de fazer parte da equipe vencedora da nossa classe. Foi um dos destaques da minha carreira. Agora, estou ansioso por esse desafio novamente e tenho certeza que será uma corrida divertida com esses caras nesta configuração”.

2 comentários

  1. Helton Fernandes disse:

    Alguém deveria levar o Montoya pra correr LeMans.
    Adoraria ver o Gordinho ostentando a praticamente inexistente Triple Crown…

  2. Romulo Dias disse:

    Que baita notícia!!!
    Sensacional Rodrigo!!!
    Seria muito bom assistir essa corrida ao vivo com você na FOX.
    Teremos ainda a Rebellion, só faltou a Mazda/Joest…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>