MENU

14 de abril de 2017 - 14:44World Series V8

World Series V8: Fittipaldi é pole na abertura do campeonato

SIL_FV8_DL-9572-1080x675

P1: Pietro Fittipaldi comemora a conquista da pole position em Silverstone com o engenheiro David Muntaner (à direita) e com o chefão Antonin Charouz

RIO DE JANEIRO - A junção de um sobrenome mítico do automobilismo brasileiro com o lendário do preto e dourado da Lotus (tudo bem, não é a de Colin Chapman, mas tá valendo…) falou mais alto no treino classificatório da prova de abertura da temporada 2017 da World Series V8 em Silverstone – outra pista seminal para os pilotos do país: Pietro Fittipaldi conquistou a pole position para a corrida que terá transmissão ao vivo do Fox Sports 2 neste sábado, às 8h da manhã.

Com um monoposto competitivo desde os primeiros treinos – foi 2º na primeira sessão livre e o mais rápido na segunda – o neto do bicampeão mundial de F1 Emerson Fittipaldi apresentou armas na sessão que definiu o grid. Cravou o próprio companheiro, o austríaco Rene Binder, em mais de dois décimos de segundo. Pietro conquistou a pole em sua última volta, com o tempo de 1’41″660. Mas não foi fácil: chegou a chover minutos antes dos carros irem para a pista.

“No primeiro set de pneus estávamos seis segundos longe do ritmo ideal”, explicou o piloto da Lotus. “Mais cedo, estávamos a seis décimos, com a pista escorregadia. Nas voltas finais, tirei tudo do carro, conseguimos a pole e vamos continuar acelerando amanhã”, disse Pietro.

O reduzido grid de 12 carros pelo menos apresentou algum equilíbrio. Foram sete carros dentro do mesmo segundo e os russos Egor Orudzhev e Matevos Isaakyan dividirão a segunda fila a bordo dos carros da equipe de Adrián Valles, com as cores da SMP Racing. Os mexicanos Alfonso Celis Jr. e Diego Menchaca dividem a 3ª fila.

Alguns competidores tiveram problemas: o japonês Yu Kanamaru foi nocauteado por uma gripe forte e ficou a 2″558 do ritmo dos ponteiros. Giuseppe Cipriani não se entendeu com a pista escorregadia, rodou e danificou seu carro. E o 12º piloto inscrito, o canadense Nelson Mason, disputou os dois treinos livres mas acabou fora da qualificação por problemas com a licença de piloto. Caso resolva com a Confederação local de Automobilismo, ele larga do fim do pelotão.

Amanhã, além da corrida #1 da rodada dupla, os pilotos fazem outro treino classificatório para definir o grid da prova #2. As corridas do World Series V8 têm 40 minutos de duração, mais uma volta. No domingo, os pilotos têm a obrigatoriedade da parada nos boxes, o que pode resultar em estratégias diferentes e interessantes, dando um colorido à disputa apesar do grid minguado.

3 comentários

  1. Fernando Silva disse:

    Que pacotão de categorias em Silverstone neste fim de semana hein…e que bom que o Fox Sports abre espaço para mais uma categoria de esporte a motor…e que venham outras.

  2. Delano disse:

    Caro Rodrigo Mattar,

    Por acaso tem notícias a respeito do Vitor Baptista?

    Ele não conseguiu vaga na Fórmula 3.5 V8 ou em outra categoria na Europa, será que ele vai voltar a competir na F-3 Brasil neste ano?

    Bom talento do automobilismo brasileiro perdendo chances no cenário internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>