MENU

12 de abril de 2017 - 16:54Mundial de Endurance

Guia WEC 2017 – equipes LMGTE-AM

RIO DE JANEIRO - Muito bem… depois de apresentar todas as equipes que vão disputar o European Le Mans Series a partir do próximo fim de semana, o blog A Mil Por Hora apresenta o plantel de inscritos do FIA World Endurance Championship.

Começamos com a divisão LMGTE-AM, que permite carros construídos até 2016. As tripulações são formadas por dois pilotos de graduação prata e/ou bronze, adicionados de um terceiro piloto com graduação ouro ou platina. Com a modificação das regras, Ferrari e Aston Martin terão carros dentro das especificações técnicas adotadas a partir do ano passado. As equipes que vão correr com os Porsches optaram por manter os chassis de 2015, embora a Proton Competition – que repete a parceria com a Dempsey – tenha decidido alinhar o mesmo carro visto na LMGTE-PRO ano passado.

Serão cinco times brigando pelo troféu da temporada, com duas novidades em relação à última temporada. A AF Corse, atual campeã, não fica para defender seu título, mas será substituída pelo braço helvético do time de Amato Ferrari – a Spirit of Race. E é por ela que começamos a apresentação dos times.

SPIRIT OF RACE
Team Principal: Amato Ferrari
Carro: Ferrari 488 GTE
Motor: Ferrari F154CB 3,9 litros V8 Turbo
Potência: cerca de 485 HP
Câmbio: Hewland 6 marchas, com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 1245 kg

fia-wec-2017-monza-finish-order-22

Flecha Prateada: a Spirit of Race, braço da AF Corse, terá um carro no WEC

A Spirit of Race faz sua “estreia” no WEC em Silverstone. E escrevo “estreia” entre aspas, porque o know-how do time suíço é todo da AF Corse, equipe que representa a Ferrari em caráter oficial na LMGTE-PRO. Inclusive, o chassi do carro #54 que compete neste fim de semana é um dos carros construídos para a AF Corse utilizar no ano passado. Dois pilotos estreiam no Mundial: o suíço Thomas Flohr, que leva o autopatrocínio da Vista Jet e o espanhol Miguel Molina – que vai disputar toda a temporada (exceto as 24h de Le Mans) após perder sua vaga no DTM. Francesco Castellacci regressa ao campeonato após uma aparição pela Aston Martin em 2015. Têm condições de fazer um bom campeonato e no Prólogo, o carro foi o mais rápido na categoria.

CLEARWATER RACING
Team Principal: Arjunan Kulasegaram
Carro: Ferrari 488 GTE
Motor: Ferrari F154CB 3,9 litros V8 Turbo
Potência: cerca de 485 HP
Câmbio: Hewland 6 marchas, com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Michelin
Peso mínimo: 1245 kg

61_Clearwater_Ferrari_488_WEC_Prologue_Monza_2017

A Clearwater Racing disputa sua primeira temporada no Mundial de Endurance

Primeira equipe do sudoeste asiático a disputar o FIA WEC, a Clearwater Racing também contará com a expertise da AF Corse para ajudar nesta estreia na competição. Também têm à disposição uma das Ferrari 488 GTE que pertencia à AF Corse na última temporada. A equipe teve uma boa aparição nas 24h de Le Mans ano passado, conquistando o 4º lugar na classe LMGTE-AM, o que serve de incentivo para que repitam a performance em 2017. O japonês Keita Sawa e o malaio Mok Weng Sun são os dois integrantes do time que estreiam na competição. A experiência e a velocidade de Matt Griffin completam o trio de pilotos. No Prólogo, ficaram com o 5º tempo entre os inscritos da categoria.

DEMPSEY RACING-PROTON
Team Principal: Giulio Pucci
Carro: Porsche 911 RSR (991)
Motor: Porsche M97/80 4 litros F6
Potência: 480 HP
Câmbio: Porsche 6 marchas, com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Dunlop
Peso mínimo: 1245 kg

Prologue Monza - Autodromo Nationale Monza - Monza - Italia

Matteo Cairoli é a nova aposta da Porsche para o WEC

O ator Patrick Dempsey segue emprestando seu nome à parceria com a Proton Competition, apesar de não estar mais nas pistas – como piloto – desde o fim do campeonato de 2015, por compromissos profissionais. A equipe traz para a temporada 2017 o mesmo chassi de dois anos atrás, que recebeu algumas modificações e foi atualizado, para disputar contra máquinas mais novas o título da LMGTE-AM. Apesar da defasagem técnica, a trinca é boa: tem Christian Ried liderando a equipe em busca do recorde pessoal de 50 participações no WEC desde 2012. E dois novatos, com destaque absoluto para o italiano Matteo Cairoli, promessa da equipe júnior da montadora de Weissach. O alemão Marvin Dienst completa o trio que ficou em terceiro no Prólogo. Nesta temporada, o carro #77 será calçado com pneus Dunlop.

GULF RACING
Team Principal: Matt Beers
Carro: Porsche 911 RSR (991)
Motor: Porsche M97/80 4 litros F6
Potência: 480 HP
Câmbio: Porsche 6 marchas, com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Dunlop
Peso mínimo: 1245 kg

fia-wec-2017-monza-finish-order-23

As tradicionais cores da Gulf voltam ao Mundial de Endurance

A Gulf Racing estará em seu segundo ano no WEC, com o objetivo de melhorar sua colocação do ano passado: ficaram em último lugar na classificação e agora vão lutar para terminar entre os três melhores times do ano. Não será uma das tarefas mais fáceis, já que os britânicos têm o mesmo carro com que competiram em 2016. O irlandês Adam Carroll deixou a equipe para se dedicar mais à Fórmula E, onde compete pela Jaguar e Ben Barker, que mudou de graduação, permanece a bordo junto ao sócio e piloto Michael Wainwright. A novidade é o australiano Nick Foster, que é mais um estreante no Mundial de Endurance. No Prólogo, o carro andou bem e ficou em segundo na LMGTE-AM.

ASTON MARTIN RACING
Team Principal: Paul Howarth
Carro: Aston Martin Vantage V8 GTE
Motor: Aston Martin 4,5 litros V8
Potência: 485 HP
Câmbio: X-Trac 6 marchas, com acionamento sequencial paddleshift
Pneus: Dunlop
Peso mínimo: 1245 kg

AstonMartin-98

A trinca do Aston Martin #98 é a única intocável na LMGTE-AM

Única equipe oficial de fábrica na LMGTE-AM, a Aston Martin Racing segue a parceria com Paul Dalla Lana, o piloto-cliente do carro #98. Para 2017, a mudança principal é a utilização de um dos chassis alinhados na última temporada na divisão principal de Grã-Turismo e o uso de pneus Dunlop em substituição aos Michelin que o time chegou a utilizar no correr do campeonato. A trinca é a mesma pelo terceiro ano consecutivo, trazendo também o experiente português Pedro Lamy e o austríaco Matthias Lauda, filho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Niki Lauda. Ficaram em 4º lugar na classe durante o Prólogo.

6 comentários

  1. Gustavo disse:

    É isso aí estou contando os segundos para as 6 horas de Silverstone,Rodrigo porque dos atuais campeões da LMGTE am 2(François Perrodo e Emanuel Colard) foram para a lmp2 ?

    • Rodrigo Mattar disse:

      Pois é, Gustavo… a AF Corse não tinha planos – por enquanto – de se envolver com a LMP2 e o piloto que bota o cascalho é o Perrodo. Fizeram um bem bolado com a TDS Racing e aí fecharam um esquema pra andarem de LMP2 neste ano. Aliás, se muito me engano, o Perrodo é o único piloto de graduação bronze no grid da divisão no WEC.

  2. Jonas disse:

    Rodrigo, o FoxSports vai mostrar alguma coisa ao vivo do WEC, neste fim de semana, ou só aquele resuminho no meio da semana?

    • Rodrigo Mattar disse:

      Vamos ter o que você chamou ironicamente de “resuminho”. Mas que é melhor do que se os direitos do WEC pertencessem a outra emissora. Vai por mim.

  3. Joilson guedes disse:

    Quando vai ao ar o vt da corrida?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>