MENU

25 de abril de 2017 - 00:26WTCC

eSports WTCC: foi dada a largada

RIO DE JANEIRO - Eu gosto de automobilismo virtual. Tenho no meu modesto desktop os seguintes jogos: rFactor, GTR2, RaceRoom, Asseto Corsa e Automobilista. Mas por não ter volante ou cockpit, não me arrisco a participar de nenhuma corrida online contra quem quer que seja.

E por isso mesmo não faço críticas à prática dos chamados eSports. Cada um no seu quadrado: sei que tem quem não goste, que não ache que seja esporte de fato. Mas se há prática, treino e especialização, sim – é esporte.

O mais legal é que o World Touring Car Championship (WTCC), através da plataforma RaceRoom, promove o seu campeonato de eSports, que começou neste fim de semana com dezenas de participantes em busca do prêmio – tickets para assistis em Losail, no Catar, a última rodada da temporada real do campeonato.

Da primeira etapa do eSports WTCC, no circuito de Monza, participaram cinco brasileiros: Raphael Camelo, Leandro Werle, Yuri Bascopé, Aelcio Júnior e Elisson Nazário Flauzino. O argentino Juan Manuel Gomez, assim como o seu conterrâneo “Pechito” López, quer ser o cara a ser batido. É dele o melhor tempo do simulador para a pista italiana.

Vejam como foi o evento, transmitido ao vivo no YouTube, no vídeo abaixo. As demais etapas serão em Hungaroring, Nürburgring (no Green Hell!), Portimão, Spa-Francorchamps, Slovakiaring, Sonoma, Xangai, Suzuka e Macau.

7 comentários

  1. Gustavo disse:

    Eu gosto, muito, de automobilismo virtual e acredito que ele seja uma forma de aproximar ainda mais os apaixonados pelas corridas do automobilismo real.

    E o nível dos simuladores só tem feito melhorar nos últimos anos.

    Uma dica para o PC? Teste o iRacing.

    http://www.iracing.com/

  2. RAFAEL disse:

    Depois que baixei o mod Enduracers pro meu Rfactor, ajustei o setup do carro pra pilotar confortavelmente no teclado e fui pra Le Mans com mais outros 40 carros na pista, minha vida social sofreu um leve baque. Também troquei algumas horas de sono por eventos em Interlagos, Spa e Laguna Seca.

  3. Fernando Silva disse:

    Desses simuladores tenho apenas o RaceRoom Racing Experience, justamente com os DLC’s do WTCC (no meu caso o 2015…) e também o ADAC GT Masters 2015 (gosto mais deste…), onde de vez em quando me atrevo a “pilotar” alguns GT3…adoro especialmente jogar com o Corvette Zo6 GT3, que ainda possuia a alavanca de cambio sequencial. Muito divertido…o WTCC também é muito bom mas acho os carros mais “manhosos” no jogo.
    Me interesso também pelo Nascar Heat 2016, disponibilizado pelo Steam…alguém sabe se é uma boa?

  4. Jorge Barros disse:

    Quem fala que não é esporte, nunca soube o que é suar e ter sentir o coração bater forte no momento da largada e vibrar com uma vitória após 2h de corrida em uma VLN mesmo usando um volante G27 sem mod, e rodando o GTR2 de Simulador. É sensacional, e para poucos.!

  5. João Luiz Marques disse:

    interessantissimo saber que vc gosta de games de corrida (eu estou doido pra comprar o “automobilista” e o “Assetto Corsa”

    Pra minha surpresa vc tambem gosta de GTR2, que é um game acima da média mesmo tendo mais de dez anos!!! e que simula o saudoso campeonato Fia GT de 2003 e 2004.

    Minhas recomendações: GT Legends, GRID 2 e Race 07.

    • Rodrigo Mattar disse:

      João, não me limito aos saudosos FIA GT de 2003 e 2004. Tenho todos os outros mods que você puder imaginar.

      • João Luiz Marques disse:

        Nossa, que legal. como eu não tenho muito tempo, não corro tanto atrás de mods dos jogos mais recentes como gostaria e deveria, nos “velhos tempos” eu corri muito atrás de “carsets” para jogos da NASCAR, principalmnte “Nascar Legends” que simula a Nascar de 1970 (que eu ainda gosto muito), mas eu tenho carstes de vários anos entre 64 e 80.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>