MENU

12 de março de 2017 - 22:44Automobilismo Internacional

Parente e Long dividem honras na abertura do PWC em St. Pete

2017-03-11-gt-gta-gtc-race-1

Bom começo: campeão do ano passado, o português Álvaro Parente fez um 4º lugar e uma vitória na rodada inaugural do Pirelli World Challenge em St. Petersburg

RIO DE JANEIRO - Começou com rodada dupla a temporada do Pirelli World Challenge em 2017. O evento inaugural nas ruas de St. Petersburg não reservou grandes surpresas no que tange a vencedores. Dois velhos conhecidos, sendo um deles o atual campeão, triunfaram na abertura da temporada.

O português Álvaro Parente, com o McLaren 650S da K-PAX Racing, abriu os trabalhos com o triunfo registrado no sábado, ultrapassando logo na segunda volta o pole position Daniel Mancinelli. Ao cabo de 50 minutos e 34 voltas, Álvaro abriu mais de 10 segundos de vantagem para James Davison, que fez uma boa corrida com o Aston Martin da TRG Racing. Patrick Long completou o pódio, seguido por Johnny O’Connell e Bryan Sellers.

Na divisão GTA, Alec Udell, campeão de 2016 na classe GT Cup, não teve oposição e triunfou com o Porsche da GMG terminando em 9º lugar na geral. Preston Calvert ganhou a corrida de sábado igualmente sem nenhum problema, já que o sérvio Marko Radisic, que trocou de carro passando à uma Ferrari Challenge Evo, não terminou a competição.

Neste domingo, o grande vitorioso da prova #2 do PWC foi Patrick Long, numa prova bem mais disputada que a da véspera: a vantagem do piloto da Wright Motorsports sobre Johnny O’Connell foi de apenas 1″475 depois de completarem 39 voltas. A corrida aconteceu minutos depois da prova da Fórmula Indy.

O espanhol Alex Riberas teve uma bela estreia no retorno da R.Ferri Motorsport à competição: saiu da pole por conta da melhor volta na prova #1 e conseguiu o 3º lugar, a menos de um segundo de O’Connell. Álvaro Parente ficou em quarto, seguido por Michael Cooper e Alec Udell, que conseguiu fechar seu primeiro fim de semana como piloto da divisão GTA com duas vitórias.

Apesar dos problemas que enfrentou desde um acidente nos treinos livres, que o impediram de fazer tempo cronometrado na sessão de classificação, Ryan Eversley ainda conseguiu um bom 8º posto no novo Acura NSX-GT3 da RealTime Racing. Na GT Cup, Preston Calvert correu sozinho (Marko Radisic não alinhou) e teve o mérito de pelo menos chegar ao final em 20º. Para as próximas provas, os organizadores esperam mais carros inscritos nesta divisão. Em St. Pete, eram apenas dois.

A subclasse GTS fez também sua primeira rodada com corridas disputadas sexta e sábado. E em ambas, triunfou o experiente Andrew Aquilante, a bordo do Ford Mustang Boss 302 da Phoenix Performance. O brasileiro Rodrigo Baptista teve um bom fim de semana de estreia na categoria e no Porsche Cayman GT4 Club Sport MR da Flying Lizard Motorsports: terminou a prova #1 em 4º lugar e a prova #2 na sexta colocação.

A próxima etapa será preliminar do GP de Long Beach de Fórmula Indy, na Califórnia. Será disputada apenas uma prova Sprint de 50 minutos de duração e apenas com as classes GT e GTA na pista urbana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>