MENU

27 de março de 2017 - 19:32Super TC2000, Vídeos

Para quem não viu: Super TC2000, 1ª etapa em Buenos Aires

RIO DE JANEIRO - Gente pelo ladrão no Autódromo Óscar y Juan Galvez em Buenos Aires (mais precisamente, 39.360 espectadores), 31 carros na pista, grandes pilotos, sete marcas participantes e muita polêmica. Assim começou neste domingo o Super TC2000 com a primeira de um total de 12 etapas previstas.

A disputa no circuito #9 do traçado portenho, com 3,353 km de extensão, trouxe um momento histórico para a categoria: a estreia com vitória do modelo Citroën C4 Lounge, guiado por Jose Manuel Urcera, após uma luta cruenta com Leonel Pernía, da Renault. O triunfo rendeu até telefonema da França: os chefões da Europa ligaram para felicitar o time chefiado por Javier Ciabattari e Alberto “Cachi” Scarazzini.

O Super TC2000 é sensacional. E nós, brasileiros, deveríamos aprender com os nossos vizinhos a torcer e gostar – de fato e de direito – de automobilismo.

Brasileiro não gosta de carro. Gosta de piloto vencedor.

Quem gosta de bom automobilismo não deixa de ver os vídeos abaixo. O blog traz o treino classificatório, a corrida preliminar de 12 voltas e a finalíssima.

10 comentários

  1. Felipe Verissimo disse:

    Caro Rodrigo Mattar, 2 vitorias, 2 poles (contando com a vitoria da corrida classificatória) e 1 volta rápida, teremos um monopólio da Citroen no Super TC 2000 em 2017 ou Chevrolet, Toyota, Renault, Peugeot e Ford (Não estou colocando a Fiat, pois, o que eu vi na classificatória, acho que será a pior marca da temporada.), vão reagir a essa primeira etapa? E na vossa opinião: Stock Car e Super TC 2000 no Juan y Óscar Galvez no dia 1º de outubro, pode ser o inicio de uma contribuição (como houve quando o que hoje é o Joven TC 2000 (o velho TC 2000) e Top Race que correram aqui no Brasil no inicio dos anos 2000) para a introdução de uma (ou mais) pistas brasileiras no calendário do Super TC 2000 ou pistas argentinas no calendário da Stock Car e vindas de nomes como: Gabriel Ponce de Léon, Josito di Palma, Mátias Rossi, Augstin Canapino e etc, para correrem na Stock Car, como fez Bebu Girolami?

    • Rodrigo Mattar disse:

      Tanto essa colaboração vai existir que em 2018 o Super TC2000 deve correr em Goiânia.

      • Felipe Verissimo disse:

        Aí é nessas horas que eu e meio mundo de gente, vai pedir que alguma TV no Brasil consiga os direitos de transmissão do Super TC 2000 para o Brasil, olha o que a Argentina faz, levar o nome da Stock Car para a Argentina e trazer o nome deles ao Brasil, isso é um tapa na cara da sociedade brasileira, essa é a minha indignação à isso, vou torcer para essa historia vingar e muito obrigado pelo resposta.

  2. Fernando Anholon disse:

    Depois de assistir tudo isso, só posso dizer uma coisa: isso que é automobilismo de verdade!

  3. Luiz Batista disse:

    Já que não consigo abrir o YouTube daqui vai a pergunta: como estava o autódromo de Buenos Aires (fisicamente falando) já que após a inauguração de Termas do Rio Hondo e Potrero de los Funes, ele estava “meio largadinho”? Cogitou-se encerrar as atividades da pista?

    • Rodrigo Mattar disse:

      Luiz, cogitou-se encerrar as atividades do circuito sim. E muito. Tal como fizeram com Jacarepaguá, tentaram derrubar o Gálvez.

      Mas o Flaco Traverso, o maior campeão do TC2000 argentino, conseguiu manter a pista de pé. As instalações ainda estão precárias, mas parece que vão tentar melhorar.

  4. Luiz Fernando Cruz disse:

    Concordo com sua afirmação: Brasileiro não gosta de carro, mas de piloto vencedor.
    Mas vou além: Brasileiro é burro. Não entende bosta nenhuma de automobilismo. Pensa que é futebol.
    Ficou mal acostumado com Emerson, Nelson e Ayrton. No Brasil não dão valor ao Rubens e ao Massa, embora a Ferrari e a Williams, duas das maiores equipes de F1 de todos os tempos, tenham opinião diferente.
    Pergunta ao povo se eles conhecem Tom Erdos, bicampeão de LeMans ou Pipo Derani ou Ozz Negri, campeões de Daytona. Com certeza nem vão saber o que é LeMans muito menos Daytona.
    Agora, pergunte a um motorista de taxi Argentino, quem é Oreste Berta, ele vai te dar a biografia do homem.
    Pergunte o que é TC ou TC2000 para ouvir toda a sua sabedoria.
    Aqui se culpa o futebol por isso. Mas e argentino não gosta de futebol por acaso?
    Aqui o povo gosta de porrada. Corrida de caminhão leva mais público do que de carro.
    Não temos cultura automobilística.
    Aliás, no Brasil não existe cultura.
    Abraço.

    • Rodrigo Mattar disse:

      E ainda agora no Facebook um cidadão chamou o Barrichello de “lento”, tentando justificar o porquê do Rubens ter escolhido andar apenas em Le Mans e não no ELMS.

      O sujeito se baseou no que ele viu numa corrida (24h de Daytona) em que o Rubens andou pouco e não teve tempo de conhecer o carro.

      Brincadeira, viu…

  5. Marcelo Pacheco #49 disse:

    Mattar, a mecanica lá é unica para as marcas tal como aqui na Copa Petrobrás, ou é a particular da marca?

    • Rodrigo Mattar disse:

      A mecânica é igual: Radical Performance Engines (RPE), com bloco de dois motores de motocicleta – Suzuki Hayabusa – com 1.340cc e 4 cilindros que, fundidos, se transformam num V8 com 2.680cc. Potência superior a 430 HP a 10.500 rpm.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>