MENU

16 de março de 2017 - 15:05IMSA Weather Tech SportsCar Championship

IMSA: JDC-Miller abre treinos das 12h de Sebring na frente

Oreca-J

O Oreca 07 Gibson LMP2 da JDC-Miller foi o mais rápido no início dos treinos livres para as 12h de Sebring. O Fox Sports 2 transmite sábado as horas finais da disputa AO VIVO

RIO DE JANEIRO - Começaram nesta quinta-feira os treinos livres – serão quatro, com mais dois ainda sendo realizados hoje e outro amanhã – para a 65ª edição das 12h de Sebring. E quem abriu os trabalhos no topo da folha de tempos entre os 46 inscritos foi o Oreca 07 Gibson LMP2 da JDC-Miller Motorsports.

Guiado por Stephen Simpson na volta mais rápida do primeiro treino, o carro #85 cravou 1’49″516 em sua melhor passagem, a uma média horária de 196,623 km/h para as 3.74 milhas ou 6,017 km do circuito da Flórida, que tem nada menos que 17 tipos diferentes de piso – desde concreto a asfalto muito abrasivo. Sem dúvida, um teste muito mais exigente que as 24h de Daytona para máquinas, pneus e pilotos.

Resultado do primeiro treino livre AQUI

Com o Cadillac DPi-V.R #5 da Mustang Sampling/AX Racing “capado” em 70 cavalos e com 20 kg a mais no peso mínimo, Christian Fittipaldi foi o 2º colocado na sessão de abertura, a apenas 0″041 do tempo de Simpson. Mike Conway fez o 3º tempo no carro gêmeo do time tricampeão do Weather Tech SportsCar Championship, pintado nas cores da Whelen Engineering. O Ligier JS P217 Gibson LMP2 ficou em quarto, com José Gutierrez a bordo.

A Mazda/Speedsource ficou em 5º e 6º respectivamente, com seus protótipos Mazda RT24-P DPi, seguidos pelo Cadillac #10 da Wayne Taylor Racing, que venceu as 24h de Daytona e estreia o novo piloto das provas de Endurance, o britânico Alex Lynn. Ricky Taylor ficou a 1″518 do melhor tempo do primeiro treino.

Os Nissan DPi da Tequila Patrón ESM acabaram por fechar a raia da classe Prototype. O #2 que terá Pipo Derani foi o 10º, tendo completado somente oito voltas de manhã. O #22 com Bruno Senna entre os tripulantes ficou em 11º a 2″405 da volta mais rápida.

Porsche-GTLM

Fred Makowiecki foi o mais rápido do primeiro treino livre na divisão GTLM

Na Prototype Challenge, Pato O’Ward foi o mais rápido com o #38 da Performance Tech Motorsports. O mexicano cravou 1’55″172 e enfiou mais de dois segundos no #26 da BAR1 Motorsports guiado pelo colombiano Gustavo Yacamán na melhor volta da sessão. Entre os GTLM, Porsche e Ford ditaram a lei na abertura dos treinos, com o Porsche #911 marcando 1’57″109 graças a Fred Makowiecki. Scott Dixon ficou a 0″057 do francês e o estadunidense Joey Hand foi o terceiro mais rápido.

Laurens Vanthoor fez o 4º tempo no Porsche #912 e Stefan Mucke, no único Ford da equipe do WEC inscrito para as 12h de Sebring, ficou com a quinta posição na divisão, com a Ferrari da Risi a seguir. Os dois Corvette C7-R e as duas BMW M6 GTLM fecharam o plantel de 10 carros da classe que treinaram.

Entre os GTD, Bryan Sellers registrou o melhor tempo com o Lamborghini Huracán #48 da Paul Miller Racing – 2’01″040, apenas nove milésimos mais veloz que o Audi R8 LMS da Stevenson Motorsports tripulado por Lawson Aschenbach. Connor De Philippi fez o 3º tempo no #29 da Montaplast by Land Motorsport e Jack Hawksworth surpreendeu com o quarto tempo no Lexus RC-F GT3 da 3GT Racing, sendo que os quatro mais rápidos ficaran dentro de um décimo de segundo. A Turner Motorsports completou o top 5 da categoria com sua BMW M6.

Dois dos 21 carros da divisão não marcaram tempo: o Porsche #54 da CORE Autosport deu apenas três voltas de instalação e não cravou nenhuma volta rápida. O Acura NSX-GT3 do brasileiro Oswaldo Negri sequer ganhou a pista neste primeiro treino por conta de uma grave falha de embreagem. Às 15h15 locais, 16h15 de Brasília, os carros voltam para mais uma sessão de treinos livres com 1h de duração.

O Fox Sports 2 transmite AO VIVO a reta final das 12h de Sebring neste sábado após a corrida da Xfinity Series em Phoenix. O blogueiro aqui estará nos comentários. A narração é de Hamilton Rodrigues. Assistam, prestigiem e participem!

1 comentário

  1. Gustavo disse:

    Gosto muito do IMSA valeu apena assistir as 24 h de Daytona e vou continuar assistindo o restante do campeonato,mas eu ainda acho o WeC com mais cara de categoria de Endurance

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>