MENU

25 de março de 2017 - 02:36Automobilismo Internacional

CAMS Australian GT: dupla satisfação para Van der Linde

RGP-2017-Formula-1-Australian-GP-Thu-a49v4891-1-640x427

Kelvin Van der Linde herdou a vitória na prova #1 em Melbourne e ainda venceu mais uma, agora pra valer, na pista

RIO DE JANEIRO - O sábado foi recompensador para Kelvin Van der Linde: o piloto do Audi R8 LMS #74 da Valvoline/Jamec-Pem Racing conquistou na pista sua primeira vitória no CAMS Australian GT ao triunfar hoje em Melbourne na prova #3 da preliminar do GP da Austrália de Fórmula 1. Mas o sul-africano teria ainda outra satisfação, por conta de penalizações aplicadas pelos comissários desportivos.

De acordo com o regulamento, o grid deve obedecer ao ritmo do pole position e manter suas posições reais de largada até a faixa de controle, sem mover o carro para além da linha, tanto para a frente quanto para os lados. E como onze pilotos não obedeceram à regra, inclusive o vencedor da prova #1 Ash Walsh, foram aplicadas penalizações desde acréscimos de tempo a exclusão (caso de Benny Simonsen), o resultado da corrida foi modificado e Van der Linde levou a vitória – o que lhe rendeu a pole position para a corrida #3.

Neste sábado, Kelvin Van der Linde só não comandou a disputa nas quatro primeiras voltas, já que foi superado por Daniel Gaunt, a bordo de outro Audi R8 LMS. Depois que recuperou a liderança sobre o rival, o piloto da Valvoline/Jamec-Pem Racing dominou a disputa e cruzou a linha final com cerca de sete segundos de vantagem.

Ash Walsh foi um dos protagonistas da disputa: saiu duas vezes da pista, pôs pressão em Daniel Gaunt pelo 2º lugar e por muito pouco não perdeu o pódio, já que David Russell se aproveitou do segundo erro do piloto da Supabarn Supermarkets para se aproximar. Acabou que o pódio foi 100% de pilotos com o modelo R8 LMS da casa de Ingolstadt.

Lewis Williamson levou o McLaren da Tekno Autosports à quinta colocação, seguido por Dean Fiore (Audi), Cameron McConville (Lamborghini), Steven Richards (BMW), Glen Wood (Lamborghini) e Liam Talbot (Porsche). O ex-piloto de Fórmula 1 Ivan Capelli terminou na 13ª posição.

A prova #4, que fecha a programação e oferta 80 pontos ao seu vencedor, terá largada às 11h30 locais deste domingo em Melbourne, 21h30 de sábado pelo horário de Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>