MENU

10 de janeiro de 2017 - 13:39Nascar

Surpresa: Carl Edwards se aposenta e Dani Suárez é o novo piloto da Gibbs na Monster Cup

carl-edwards-backflip-41816-getty-ftrjpg_1x3xc30nptmv71ms0eo8dbpvuc

Adeus às acrobacias: aos 37 anos, Carl Edwards surpreende e deixa a Nascar. O piloto será substituído na Joe Gibbs Racing pelo novato mexicano Daniel Suárez

RIO DE JANEIRO (bye, Carlos Eduardo…) - A Nascar perde mais um grande nome dos últimos anos na agora Monster Energy Cup Series. Após Jeff Gordon e Tony Stewart se retirarem das pistas, quem surpreendeu a todos nesta terça-feira foi Carl Edwards. Aos 37 anos, o rei das comemorações acrobáticas, campeão da Xfinity Series em 2007, vice da divisão principal em 2008 e 2011, com um cartel de 28 vitórias, 22 poles e 223 top tens em 445 corridas disputadas por 13 temporadas, anunciou sua aposentadoria.

Talvez ele tenha sido o melhor piloto de sua geração a jamais ter ganho um título da Monster Energy Cup Series. Ano passado ele chegou à finalíssima em Homestead-Miami, tinha o melhor carro da pista, mas acabou envolvido num acidente com Joey Logano, que o fez abandonar. Nenhum de nós poderia imaginar que aquilo seria o canto do cisne do Primo Carl.

Substituto de Jeff Burton na Roush Racing em 2004, ele impressionou em sua curta temporada naquele ano com um top 3 em Atlanta, pista em que conquistou sua primeira vitória no ano seguinte após uma disputa sensacional com Jimmie Johnson. Viveu os melhores momentos de sua carreira dirigindo o Ford #99. Ganhou 23 corridas até se transferir para a Gibbs, que defendeu nas duas últimas temporadas, com cinco vitórias e a 4ª posição no último campeonato.

Edwards e seus representantes não se pronunciaram a respeito da aposentadora do piloto. O que foi noticiado hoje pelos colegas da Fox Sports EUA é que o piloto vai dar um novo rumo à sua vida. Avesso à exposição pública, Carl é um dos poucos que não se promove em redes sociais.

A Joe Gibbs Racing já tem substituto para ele e vai oficializá-lo amanhã em coletiva de imprensa: o carro #19 será guiado por Daniel Suárez, novo campeão da Xfinity Series. Escolha óbvia, já que os patrocinadores – da fortíssima holding do mexicano Carlos Slim Helu – eram exatamente os mesmos.

E a batalha pelo título de Novato do Ano da Monster Energy Cup Series ganha um novo colorido com a chegada de Suárez. Erik Jones e Ty Dillon, outros que sobem da divisão intermediária da Nascar, não estarão sozinhos…

7 comentários

  1. Fernando Silva disse:

    Poxa vida…notícia tão inesperada quanto a aposentadoria do Rosberg na F1…Realmente, se não fosse pelo acidente em Homested, o poderia ser o Primo Carl a levantar o caneco de 2016. Ele não só tinha o melhor carro como estava guiando para vencer.
    Vendo a coisa pelo lado bom, será divertido ver o Suarez disputando a agora Monster Energy Cup ao lado das maiores feras da categoria.

  2. Claudio Mourão disse:

    Ele merecia mais ao menos um título na NASCAR que o Rosberg na F1.
    E o Biffle, vai parar também?

  3. Paulo McCoy disse:

    Assim como na F1, é lamentável constatar um grid sem a presença de campeões e vice. Gostaria mesmo que Jeff Gordon e Tony Stewart permanecessem na NASCAR e, claro, penso o mesmo em relação ao vice-campeão NASCAR 2005 (Greg Biffle). Por outro lado, ao contrário de algumas pessoas, não sentirei falta do glorioso “Carlos Eduardo”. Particularmente falando, impossível gostar de um piloto que se derretia de amores pela FORD – ganhou até um Mustang de presente (!) –, mas acabou agindo como um verdadeiro traidor, ao aceitar competir pela equipe “Toy-Yoda” (digo, Toyota), a partir de 2015.
    E não venham me falar em dinheiro: somente na classe principal da categoria, até 2014 (ultimo ano pelo qual ele defendia o time Roush/Ford) Edwards contabilizou invejáveis US$ 74.686,22. Uma quantia que, somada à US$ 14.561,083 (ganhos obtidos no certame de acesso, XFinity Series), totaliza quase 90 milhões de dólares!
    Fazendo as contas em termos de uma poupança simples, os 90 milhões dariam R$ 6,6 milhões por ano. Ou R$ 600 mil por mês, sem precisar levantar um dedo e sem se preocupar com o futuro. São R$ 20 mil POR DIA (!) e, por mais ‘força’ que ele fizesse, dificilmente chegaria ao fim do mês tendo que usar o cheque especial. Portanto, difícil entender porque ele agiu – parafraseando a linda Marilia Mendonça –, de forma infame. Digo, infiel…

  4. Robertom disse:

    Acho pouco provável que o “Carlos Eduardo” realmente planejasse se aposentar.
    Para mim ele foi aposentado pelo patrocinador Arris, cujo maior interesse seria promover o campeão da XFinity series, Daniel Suarez, de olho no mercado “latino”.

  5. João Ferreira disse:

    Puxa vida, depois do Jeff Gordon , Tony Stewart, Greg Biffle, agora é o Carlos Eduardo???

    Ele tinha mais lenha para queimar…

    Enquanto isso, Ryan Newman, Paul Menard, Casey Mears, David Ragan, Kasey Kahne, firmes e fortes, vai entender???

  6. Vinicius disse:

    É claro que essas saídas recentes entristece quem é fã da coisa, mas é algo natural e, por que não dizer, bom para o esporte! Um dia esses caras foram novatos, (Jeff Gordon, por exemplo, recebeu muitas críticas quando inciou sua carreira na NASCAR, principalmente quando batia de frente com um tal de Dale), assim como estes que estão chegando, eles que, aliás, são muito talentosos… o Chase já mostrou o DNA do seu pai Bill, Erik Jones é muito bom piloto, além de meio esquentadão, o que não é ruim na NASCAR, Suarez já mostrou que é um ótimo piloto, e por aí vai…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>