MENU

11 de janeiro de 2017 - 15:05Mundial de Endurance

AF Corse confirma quatro carros no FIA WEC em 2017

Ferrari 488 GTE WEC

A AF Corse continua como a representante da Ferrari no Mundial de Endurance em 2017

RIO DE JANEIRO - O site Sportscar365.com traz a informação: a AF Corse vai alinhar quatro Ferrari 488 GTE no próximo Mundial de Endurance (FIA WEC). Um dos carros já tem destino certo e será da equipe de Cingapura Clearwater Racing, que disputa a competição pela primeira vez após a estreia nas 24h de Le Mans ano passado. Amato Ferrari, dono da equipe, confirmou também que a campanha do time italiano na LMGTE-AM terá um outro bólido com pilotos que vêm do European Le Mans Series (ELMS).

Na matéria, o colega John Dagys apurou que esses pilotos devem ser Francesco Castellacci e Thomas Flöhr, que terão um 3º piloto, de graduação ouro ou platina, para compor a tripulação. Esse carro vai competir sob a égide da Vista Jet. A equipe deve também oferecer sua expertise à uma terceira inscrição LMGTE-AM para Sarthe, conquistada pela DH Racing, escuderia chinesa que venceu o Asian Le Mans Series (AsLMS) 2016/17.

Campeões da LMGTE-AM no WEC ano passado junto ao português Rui Águas, Emmanuel Collard e François Perrodo subiram para a classe LMP2 com a equipe francesa TDS Racing.

Representante oficial da Ferrari no Mundial de Endurance, a AF Corse terá novamente dois carros na LMGTE-PRO, mesmo com as ameaças do time italiano em se retirar da competição por conta de divergências a respeito da interpretação do BoP para a classe principal de Grã-Turismo. Dos pilotos que disputaram a temporada passada, Davide Rigon, Sam Bird e James Calado estão confirmados, mas não foram anunciados.

E há uma razão: Gianmaria Bruni, um dos principais pilotos da equipe nos últimos anos, pode estar de mudança para a Porsche. Aliás, um rumor que domina a Silly Season do WEC há anos, mas que finalmente pode se concretizar.

Basta lembrarmos que a Porsche TAMBÉM não confirmou seu quarto integrante do lineup de pilotos na volta dos alemães com a equipe de Olaf Manthey para a temporada 2017 e liguemos, pois, os pontos…

3 comentários

  1. Fernando Silva disse:

    Essa polêmica do BoP na Pro seria em relação aos carros da Aston Martin? Porque à princípio era improvável que o título de pilotos ficasse com uma dupla da marca…a coisa se desenhava para o embate clássico de Ferrari x Ford.

  2. Diego disse:

    Rodrigo, uma curiosidade: equipe brasileira de carros GT só tínhamos a do Washington Bezerra, que corria de BMW? Já existiu outra?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>