MENU

7 de novembro de 2016 - 15:30Mundial de Endurance

“Pechito” na Toyota

thumb

RIO DE JANEIRO - Daqui a pouco, vai ter mais um daqueles “Gato Mestres” metidos a entendidos de automobilismo achar que é tudo invenção da imprensa internacional, como um cidadão no Twitter tentou me provar sobre a quase iminente contratação do Esteban Ocon pela Force India. Afinal, os jornalistas só “especulam”. Mas o que vou postar aqui não é especulação. É fato: José María “Pechito” López é o novo piloto da Toyota para o Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC). Quem deu foi a Autosport, uma das bíblias do esporte a motor.

Pois é: o anúncio formal só acontecerá em janeiro. Mas o piloto de 33 anos, tricampeão mundial do World Touring Car Championship (WTCC) já era dado como favas contadas pela equipe japonesa na Endurance, antes mesmo de ser confirmado como piloto da equipe DS Virgin na Fórmula E.

E isso não é uma forma da imprensa especializada ganhar cliques, coraçõezinhos, likes ou joinhas.

Consultado sobre mudanças no lineup de titulares para 2017, o diretor técnico da Toyota Motorsport GmbH, Pascal Vasselon, não disse nem sim, nem não.

“Talvez”, foi a vaga resposta do francês.

Mas a aposta natural é que a Toyota deixe Stéphane Sarrazin de fora do plantel de pilotos que disputarão o campeonato inteiro em 2017. O francês já tem 41 anos e a substituição por um piloto mais jovem seria um caminho. Mas a experiência de quem fez a pole position por três vezes – seguidas nas 24h de Le Mans não pode ser desprezada – principalmente numa prova onde a Toyota nunca venceu e o investimento no próximo ano será pesado para buscar uma conquista inédita e histórica. Um terceiro carro é algo factível e Sarrazin, caso dê baixa da titularidade, pode ser aproveitado nesse carro suplementar.

A despedida de López da Citroën e do WTCC será no próximo dia 25 no circuito de Losail, no Catar, na única rodada do Mundial de Turismo programada à noite.

8 comentários

  1. Djancarlos disse:

    Pipo Derani é o próximo?

    • Rodrigo Mattar disse:

      Tomara, né?

      • Rafael Casagrande disse:

        Gostaria muito de ver o Derani na P1. O que o garoto fez nos últimos 3 anos no WEC é impressionante. Eu imaginei que com os testes que ele fará na Toyota somado a sída da ESM do WEC, seria o caminho natural para Pipo. Na torcida pelo garoto!

  2. Gustavo disse:

    Muito boa a notícia para o WEC, nem tanto para o WTCC (que perde uma estrela).
    Seria ainda mais bacana a notícia se Pechito fosse com a Citroën para o WEC.

  3. Cleomar Souza Ferreira disse:

    Um dos japas poderia ser limado e Sarrazin mantido.

  4. Fernando Silva disse:

    Apesar de tudo de ruim para a classe que a saída da Audi possa ocasionar, vou apenas repetir aqui o que disse no twitter sobre o Pechito na Toyota: O bicho vai pegar!!

  5. Menos El Orso disse:

    Das duas, uma. Ou o argentino é um gênio sem precedentes, ou é um tiro no escuro da Toyota.

    Excelente piloto e tri campeão mundial? Apesar do WTCC estar muito aquém do nível de outros campeonatos mundias, sim. Mas a gigantesca diferença entre um carro desse certame e um P1 somada a imensa quantidade de pilotos talentosos disponíveis no mercado e com experiência de sobra em protótipos – Pipo é um deles -, me fazem ver o fato com descrença.

    Se eu estiver errado, ótimo, pois acho esses caras que arrepiam com qualquer tipo de carro uma das coisas mais legais do esporte, mas que fico com o pé atrás, fico.

    Deixando bem claro que minhas reservas são com a decisão da equipe japonesa e não com a fiabilidade da notícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>