MENU

17 de novembro de 2016 - 16:40Mundial de Endurance

Jani e Porsche abrem treinos livres para as 6h do Bahrein na frente

2016-6-Heures-de-Bahrein-Adrenal-Media-GT5D6219_hd

O Porsche #2 abriu a quinta-feira de treinos no Bahrein como o carro mais rápido na pista de Sakhir (Foto: Gabi Tomescu/AdrenalMedia.com)

RIO DE JANEIRO – Líder do Campeonato Mundial de Endurance, a trinca do Porsche #2 sai na frente da concorrência na quinta-feira de treinos livres para as 6h do Bahrein. O suíço Neel Jani foi o piloto mais rápido no circuito de Sakhir nas duas sessões. A pista melhorou bastante do primeiro treino, disputado à tarde, para o segundo, que foi realizado totalmente à noite, reproduzindo as condições em que os pilotos vão competir em grande parte das 6h de disputa. Mesmo assim, pilotos e escuderias se defrontaram com o maior inimigo do Oriente Médio: o calor. Principalmente de dia.

Jani marcou 1’39″817, melhorando em praticamente três segundos o tempo do primeiro treino, quando foi igualmente o mais veloz, só que com 1’42″107. O tempo do helvético foi 0″455 melhor que o do neozelandês Brendon Hartley, que conduziu o outro Porsche 919 Hybrid para a melhor volta do dia. A Audi, que faz sua despedida do FIA WEC – e que foi saudada inclusive pela concorrência, que certamente sentirá muita falta dos quatrargólicos – começou com a 3ª posição. O brasileiro Lucas Di Grassi rodou a melhor volta do #8 em 1’40″400, meio segundo acima do Porsche de Jani.

Concorrente do carro #2 na luta pelo título, o Toyota #6 largou na quinta-feira da quarta posição. Mike Conway foi o mais rápido da tripulação, cravando 1’40″603 – último dentro do mesmo segundo do mais rápido. Andre Lotterer foi o quinto e Sébastien Buemi fechou o grupo dos LMP1 oficiais de fábrica – consequentemente, também, o grupo dos seis mais rápidos.

Entre os LMP1 não-oficiais, nenhuma surpresa: no fim de semana de despedida do time da categoria, o suíço Mathéo Tuscher fechou os primeiros treinos como o piloto mais rápido – 1’46″366, volta alcançada na primeira sessão, contra 1’47″572 do alemão Pierre Kaffer a bordo do #4 da ByKolles Racing.

2016-6-Heures-de-Bahrein-Adrenal-Media-GT5D6357_hd

O melhor tempo da LMP2 foi do #26 de René Rast (Foto: Gabi Tomescu/AdrenalMedia.com)

Na divisão LMP2, René Rast voltou rápido – como sempre: o alemão da G-Drive Racing foi o melhor do dia com o Oreca #26 do time Jota Sport que corre com bandeira russa. Ele marcou o tempo de 1’50″056, quase quatro décimos melhor que o Alpine A460 já campeão mundial por antecipação. Gustavo Menezes conduziu o bólido na melhor volta do dia. Os dois carros da Manor vieram logo a seguir, com Alex Lynn em terceiro e Roberto Mehri em quarto.

Bruno Senna fez o 5º melhor tempo e foi o mais rápido dos pilotos com o chassi Ligier JS P2. O brasileiro fez sua melhor volta em 1’51″297. Pipo Derani deu 23 voltas – a mais rápida em 1’52″414, mas o melhor piloto do #31 da equipe Tequila Patrón ESM (outra que se despede do WEC neste fim de semana no Bahrein) foi Ryan Dalziel, sétimo mais rápido com 1’51″513.

2016-6-Heures-de-Bahrein-Adrenal-Media-GT5D6257_hd

Domínio dos Aston Martin Vantage nas duas classes de Grã-Turismo: Marco Sørensen foi o mais rápido na LMGTE-PRO (Foto: Gabi Tomescu/AdrenalMedia.com)

A Aston Martin dominou o dia nas duas categorias de Grã-Turismo: os carros pintados no tradicional “British Racing Green” fizeram 1-2 ao fim da quinta-feira na LMGTE-PRO e de quebra o único Vantage inscrito na LMGTE-AM também foi superior à concorrência. Marco Sørensen ficou à frente de Darren Turner por apenas 0″007, cravando a melhor volta do dia em 1’57″226. Andy Priaulx foi o 3º mais veloz com o Ford GT EcoBoost que ganhou na etapa anterior, na China. Os carros da marca do oval azul de Detroit estão mais lentos no Bahrein, graças ao décimo – DÉCIMO! – Boletim de Equalização da categoria para o FIA WEC.

Pedro Lamy fechou a quinta-feira com o melhor tempo na LMGTE-AM: o veterano português bateu vários pilotos da LMGTE-PRO e fez 1’59″460 – um segundo inteiro à frente de Ricky Taylor, que no Corvette C7-R da Larbre Competition marcou 2’00″579. A Ferrari #83 da AF Corse, que chegou ao Bahrein na liderança do campeonato, ficou com o 3º tempo – Emmanuel Collard marcou 2’01″550.

Nesta sexta-feira, os pilotos voltam à pista para o 3º treino livre, marcado para 6h30 pelo horário de Brasília – 11h30 locais. Ao meio-dia pelo nosso horário, 17h locais, começa o treino classificatório que define o grid de largada para as 6h do Bahrein. A corrida é sábado, a partir de 17h locais (11h de Brasília).

3 comentários

  1. Carlos Pereira disse:

    Rodrigo,
    é impressionante como o Lucas Di Grassi se adaptou bem ao WEC, e mesmo não vencendo, creio eu, ainda é o brasileiro com melhores resultados em Le Mans até hoje, não ?
    Com a saida da AUDI, ele poderá competir por outra equipe em Le Mans ou seu contrato com a AUDI não permite ? Ele terá que ficar somente com a F E ?

  2. OZZMAIR disse:

    “A Audi, que faz sua despedida do FIA WEC”.
    Esse trecho do seu texto é punk , parabéns à Dona Volkswagen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>