MENU

11 de abril de 2015 - 09:41European Le Mans Series

Lancaster lidera primeira fila britânica no ELMS

11140767_1425270954443666_5749469326632942299_o

Jon Lancaster comanda o grid da prova inaugural do ELMS neste sábado

RIO DE JANEIRO - O favoritismo dos times britânicos demonstrado nos treinos livres do European Le Mans Series foi ratificado no treino oficial que definiu o grid para a corrida deste sábado – que acontece daqui a pouco em Silverstone e poderá ser vista AO VIVO no blog. O protótipo Gibson 015S Nissan da Greaves Motorsport derrotou o carro gêmeo do Team Jota e ficou com a posição de honra, graças a uma volta impecável de Jon Lancaster em 1’48″752, quatro décimos melhor que o “homem pole” da temporada passada, o também britânico Harry Tincknell – que inclusive se recuperou brilhantemente depois de uma rodada que podia ter estragado os pneus de seu protótipo. Para sorte – ou não – de Tincknell, na hora da qualificação a temperatura ambiente (e também do asfalto) era baixíssima.

Na estreia do novo Oreca 05 Coupé, a Thiriet by TDS Racing alcançou um excelente 3º lugar no grid graças a Tristan Gommendy, superando o Oreca 03R #34 da AF Corse guiado pelo russo Mikhail Aleshin, que forma com o protótipo do time francês a segunda fila. Nathanaël Berthon levou o Oreca da Murphy Prototypes ao quinto melhor tempo, com o bom piloto holandês Nico Pieter de Brujin em sexto a bordo do #33 da Eurasia Motorsport.

O brasileiro Oswaldo Negri larga da 6ª fila, na 11ª posição: Tracy Krohn foi quem treinou com o Ligier JS P2 Judd e o estadunidense, ainda pouco familiarizado com o ritmo do carro em relação aos demais pilotos, ficou a quase sete segundos da pole position. Na nova divisão LMP3, em contrapartida, o escocês Charlie Robertson fez bonito e entrou para a história, conquistando o melhor tempo na estreia da categoria. O piloto do Team LNT liderou o 1-2 da escuderia, já que rodou em 1’59″892 e Michael Simpson, no carro #2, foi o segundo mais veloz. Os britânicos ficaram, inclusive, nas quatro primeiras colocações, uma vez que o #11 de Joey Foster, da Lanan Racing, ficou em 3º logo à frente de Rob Garofall.

Se no WEC a Ferrari levou uma sova da Aston Martin, na LMGTE o construtor italiano não tem do que se queixar: Michele Rugolo fez a pole position para a corrida do ELMS com o tempo de 2’00″151, superando por 0″118 o tempo do austríaco Klaus Bachler, no Porsche 991 RSR da Proton Competition. Alessandro Pier Guidi foi o terceiro mais rápido da divisão na Ferrari #56 da AT Racing e Andy Priaulx, na BMW Z4 GTE da Marc VDS, ficou em quarto.

A divisão GTC, exclusiva para os modelos enquadrados no regulamento GT3 FIA, foi território da TDS Racing: Franck Perera cravou a pole para a corrida de daqui a pouco, com o tempo de 2’01″939, mais de um segundo melhor que qualquer outro piloto da divisão. Marco Cioci ficou em segundo com a Ferrari #63 da AF Corse e a terceira colocação é de Francesco Castellacci, na #62 do time italiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>