MENU

20 de outubro de 2014 - 18:4124 Horas de Le Mans, Mundial de Endurance

Uma equipe brasileira em Sarthe?

perrinn_2

O Perrinn LMP1 poderá se tornar realidade graças a uma parceria de Nicolas Perrin com um empresário brasileiro

RIO DE JANEIRO - O Nick Nagano, dono do ótimo blog Super GT Brasil chamou a atenção para um post do site Dailysportscar.com, da Grã-Bretanha. O assunto? A formação de um time brasileiro para disputar as 24 Horas de Le Mans com o protótipo Perrinn LMP1, do engenheiro francês Nicolas Perrin.

1240783-1541_652x408

À direita na foto, Patrick Choate é o interessado em montar com Nicolas Perrin o “Brazil Le Mans Team”

O projeto, tocado no sistema crowfunding, obtendo capital através de financiamento coletivo, poderá sair do papel graças ao empresário Patrick Choate que, segundo a matéria publicada no Dailysportscar, era dono de uma fábrica de materiais compósitos.

“Começamos a conversar seriamente há dois ou três meses”, disse Perrin. “Ainda é cedo, claro, mas o modelo open source que temos é exatamente o que Patrick procurava para nos unirmos num programa Le Mans”, completou.

“Estamos, de forma realista, com o objetivo de tornar o programa possível para Le Mans (e talvez o WEC) em 2016, desde que tenhamos o orçamento e o financiamento necessários para realizar o projeto”, afirmou o francês.

O projeto “Brazil Le Mans Team” já tem até vídeo no YouTube.

12 comentários

  1. Guilherme Costa disse:

    Quando se fala em orçamento, isso significa quanto (só Le Mans)?

  2. Fernando Kesnault disse:

    Engraçado é a petrolífera brasileira nunca se interessar em colocar uma equipe a correr na famosíssima endurance….fica a pergunta…….pois pilotos até temos…..

    E nao me venham com a historia de que não há interesse de publico pois é uma mentira, e outra, para ela é um ganho fantastico em termos da avaliação técnica de seus produtos numa competição dessas…..

  3. Jeremias Campos de Maio disse:

    Que cara de “projeto” que não vai dar em nada…

  4. Herik disse:

    Só observando este projeto com dez pulgas atrás de cada orelha…

    • luiz alberto disse:

      É meu caro se a Chaparral que tinha alem de bom piloto e gênio no desenvolvimento de novas tecnologias e idéias chamado Jim Hall não teve muito sucesso em Le Mans o que esperar deste desconhecido projetista,repetir o feito de Jean Rondeau ,um pequeno fabricante vencer um gigante como a Porsche(e em 2015 não será só a casa de Stuttgart,mas Toyota Audi e Nissan eu acho e os Pescarolos .Orecas e Alguns outros aventureiros) é como a disputa de David e Golias,nos dias atuais em que se tem bem mais que só mecânica pura e aerodinâmica acho muito difícil uma equipe com pouco lastro(financeiro e técnico) se dar bem. Mas se não tentar não ha como realmente avaliar o potencial,então :sê não for mais um golpe de espertalhões do esporte;Boa Sorte.

  5. Isidio disse:

    Tô jogando na megasena hoje para ser sócio desse projeto, já tenha até possíveis nomes para pilotos: Bruno Senna para cargo de capitão( WEC exige) Barrichelo, Piquet Jr, Christian Fittipaldi, Luiz Ranzia e Fernando Rees. O motor seria o maior problema tentaria o novo Honda V6 de 2.8 turbo que ela fez para LMP2 com uma preparação melhorada e a parte do KERS da McLaren a sua nova parceira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>